Futuro sustentável: ações dos Correios destinaram mais de 3 mil toneladas de lixo para reciclagem

Futuro sustentável: ações dos Correios destinaram mais de 3 mil toneladas de lixo para reciclagem
A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, popularmente conhecida apenas como "Correios", anunciou nesta segunda-feira, 25, os resultados do empenho da companhia em contribuir positivamente para a preservação da natureza realizando o destarte de resíduos que podem ser aproveitados para a indústria de recicláveis. Segundo informações, no último ano a estatal destinou mais de 2,4 toneladas de papel à reciclagem no estado do Espírito Santo, número que tende a crescer progressivamente nos próximos anos como resposta aos esforços da empresa em descartar corretamente documentos em desuso e outros resíduos sólidos recicláveis, como vidro, plástico e metal. Além do Espírito Santo, a adoção de práticas sustentáveis também está chegando em mais localidades do país em parceria com cooperativas de reciclagem através do programa 'Coletiva Seletiva Cidadã', que promove proteção ao meio ambiente por meio de diferentes vertentes adotadas pela companhia reciclando mais de 3 mil toneladas. Conforme destaca o comunicado, em 2021 cerca de 670 associados beneficiados com a destinação à reciclagem de 2.964 toneladas de papel/papelão, 461 toneladas de plástico, 14 toneladas de metal e 689 quilos de vidro, materiais que serão reaproveitados com o descarte correto. Representação dos Correios. (Imagem: Foto: Reprodução). Embora essas medidas se destaquem, os Correios também integram a Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P), ação conduzida pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA), com o intuito de estimular órgãos públicos a aderirem ações sustentáveis na execução do trabalho. "Desde 2013, a empresa desenvolve o programa Ecopostal, que consiste na doação de camisas de carteiros, malas e malotes inservíveis à estatal, mas em bom estado para serem transformados em outros objetos.", afirma a estatal. Futuro sustentável Além da estatal brasileira, empresas multinacionais também seguem investindo na adoção de práticas sustentáveis com o intuito de reduzir a emissão de carbono, aumentar a reciclabilidade de materiais e certificar que a matéria-prima incorporada na produção não é proveniente de desmatamento ou contrabando, por exemplo. Dentre as companhias atuantes nesse segmento de "futuro verde" estão a Apple, que recentemente ampliou o uso de materiais reciclados e prometeu estender a vida útil de seus aparelhos, e a operadora Vivo, que apresentou o programa 'Eco Rating' para indicar quais smartphones são mais sustentáveis considerando diversos fatores — spoiler: não há iPhones na lista.

25 de abril de 2022/ por tudocelular.com